Como registrar kefir no MAPA

Compartilhar: 
Como registrar kefir no MAPA

O blog de hoje é sobre como registrar kefir no MAPA, esse alimento milenar que vem ganhando cada vez mais a atenção de quem busca por uma alimentação mais natural e saudável. Confira!

 

O que é o kefir, afinal?

Antes de saber de fato como registrar kefir no MAPA, é importante entender um pouquinho melhor sobre esse alimento tão antigo. O nome “kefir” é de origem turca, e significa “bem-estar”. Não é um nome exclusivo: existem diversas outras denominações para o grão de kefir ao redor do planeta, como “kiaphur”, “kefer”, “quefir”, “kephir”, dentre outras.

O kefir é um aglomerado de bactérias e leveduras repleto de benefícios (vitaminas, minerais, cálcio, fósforo, magnésio, dentre vários outros), que permite criar uma poderosa bebida fermentada através dele. Entende-se por kefir o produto cuja fermentação seja realizada com cultivos ácido-lácticos formados com grãos de Kefir, compostos por leveduras fermentadoras de lactose e leveduras não fermentadoras de lactose.

Existem dois tipos de kefir: o que é produzido a partir do leite, e o que é produzido a partir da água (com adição de algum tipo de açúcar), e eles são diferentes na aparência e no paladar, embora sejam bem parecidos nos muitos benefícios que podem ocasionar.

O termo “kefir” é utilizado para denominar tanto o grão quanto o leite fermentado que é originado pelo mesmo. O grão, por ser uma cultura de microorganismos vivos, pode ser considerado um alimento “vivo”, mesmo porque se multiplica a cada vez em que é preparado.

 

Quais os benefícios do kefir?

Mais um ponto interessante antes de registrar kefir no MAPA é entender quais são os seus benefícios, que não são poucos. A Organização Mundial da Saúde (OMS) assegura que o consumo continuado de quantidades ajustadas de alimentos probióticos como o kefir pode causar diversos benefícios, como a melhora da digestão da lactose; o estímulo do sistema imunológico; normalização do trânsito intestinal, melhor absorção de minerais e vitaminas, e até a prevenção de alguns tipos de câncer. Além disso, o kefir pode ajudar na redução do risco de doenças crônicas como a hipertensão, o diabetes e o colesterol alto.

Você quer registrar kefir no MAPA? Então você está no lugar certo! Faça um orçamento!

 

Qual a classificação do kefir no MAPA?

O kefir é classificado como leite fermentado, assim como o iogurte e a coalhada. É obtido através da coagulação e diminuição do pH do leite através da ação do cultivo de alguns microrganismos.

Existem alguns requisitos físico-químicas e microbiológicas determinados para o kefir. Porém, há uma dificuldade para se obter culturas e comercializar o produto, porque os cultivos usados para elaborar o kefir variam, o que faz com que cada produtor possua sua determinada constituição de microrganismos, que pode divergir no teor de álcool produzido.

 

O que é preciso para registrar kefir no MAPA?

Para registrar kefir no MAPA, deve-se passar por duas etapas, sendo a primeira mais complexa do que a segunda.

Primeiramente, deve-se registrar o estabelecimento junto ao SIF (Serviço de Inspeção Federal), respeitando todas as normas definidas para que o mesmo possa ser configurado como Estabelecimento Produtor.

Depois, deve-se proceder ao registro de kefir na Plataforma de Gestão Agropecuária (PGA), já que ele deve respeitar o Regulamento Técnico de Identidade e Qualidade de Leites Fermentados, que determina a identidade e os requisitos mínimos de qualidade que devem ser atendidos no que diz respeito aos leites fermentados destinados ao consumo humano.

É muito importante lembrar que também devem ser respeitadas todas as normas de rotulagem que são estabelecidas para registrar kefir no MAPA.

Saiba mais: Como registrar queijo no MAPA

 

Como posso obter o Título de Registro junto ao SIF para registrar kefir no MAPA?

O SIF é o Serviço de Inspeção Federal, e para que um estabelecimento possa ser considerado produtor de leite e derivados, ele precisa obter seu Título junto a esse Serviço, que será obtido através de requerimento feito pelo responsável legal e destinado ao DIPOA (Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal), devendo conter diversos elementos e documentos informativos.

Além disso, deve-se assinar um termo de compromisso e concordância com as exigências estabelecidas, bem como deve ser elaborado um Memorial Técnico Sanitário do Estabelecimento (MTSE), contendo várias informações.

Assim, o órgão de fiscalização do meio ambiente competente poderá expedir um documento que libera a atividade, para assim se obter o registro junto ao SIF. Vale lembrar que também deve ser feita uma análise da água que abastece o estabelecimento, que deve atender a todos os requisitos impostos pelo órgão fiscalizador competente.

Por fim, para obter o Registro junto ao SIF e finalmente registrar kefir no MAPA, é realizado um laudo de inspeção final.

Entenda tudo sobre como obter o título de registro no SIF

 

Curiosidade sobre como registrar kefir no MAPA

Você sabia que os grãos de Kefir raramente são encontrados para venda? O que mais acontece é a doação da cultura de micro-organismos por pessoas que já cultivam o Kefir. É muito possível encontrar pessoas dispostas a doar uma porção de grãos do Kefir através das redes sociais. Fica a dica!

Saiba mais: Registro de Laticínios no MAPA

 

Como registrar kefir no MAPA com agilidade e economia?

Você sabia que a Stone Okamont pode cuidar de todo o processo para você registrar kefir no MAPA? Nós somos especializados em percorrer todo esse caminho burocrático dos assuntos regulatórios para satisfazer nossos clientes. É isso mesmo! Deixe suas preocupações aos cuidados de quem realmente entende do assunto.

Faça agora o seu orçamento!

Redator
Maria Júlia Carminati
Digite
o que procura