Como registrar sacos de lixo infectante na Anvisa.

Compartilhar: 

Você sabe o que é preciso para registrar sacos de lixo infectante? Sacos de lixo infectantes tem seu maior diferencial definido pela cor Branca além do símbolo de infectante estampado. Os lixos infectantes são destinados para resíduos que podem trazer doenças, comprometer a saúde pública ou meio ambiente.

Neste conteúdo vamos discorrer a respeito de: o que é necessário para registrar sacos de lixo infectante na Anvisa, e de forma breve e abrangente falaremos sobre cada etapa que envolve o processo.

Antes de registrar sacos de lixo infectante na Anvisa primeiramente a empresa precisa estar devidamente regularizada.

Faça seu orçamento

Regularização de empresa

O primeiro passo para regularizar a empresa consiste em obter a Licença de Funcionamento. Nessa etapa a empresa deve adequar seu estabelecimento de acordo com a RDC – (Resolução da Diretoria Colegiada) relacionada ao produto. Após a adequação a empresa deve solicitar junto a VISA – (Vigilância Sanitária Local) uma inspeção. Essa inspeção realizada pelo agente sanitário buscará inconformidades de acordo com a RDC em questão. Caso houver inconformidades, A Visa fornecerá um relatório contendo as exigências para a adequação. Somente após as exigências serem cumpridas será possível dar início a próxima etapa da regularização. 

A última etapa para a regularização da empresa é a Autorização de Funcionamento Empresa. Esta é feita em Brasília e é verificada pela Anvisa- (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Nesta etapa ocorre peticionamentos, compilação de documentos de forma física e online e recolhimento de taxas. 

Quase tudo pronto para registrar sacos de lixo infectante na Anvisa

Antes de registrar sacos de lixo infectante na Anvisa primeiro é preciso classificá-lo. A Anvisa classifica Sacos de lixo infectantes como correlato classe de risco I – Baixo Risco. Devido ao baixo risco na classificação, não é necessário que a empresa obtenha o Certificado de Boas Práticas de Fabricação.  O CBF é obrigatório para empresas com produtos com classificação de risco a partir de III.  As Boas Práticas é um sistema a ser implantado no qual impõe regras e procedimentos padrões para todos os processos em que o produto passa. 

Tudo pronto para registrar sacos de lixo infectante na Anvisa

Após concluir todas essas etapas finalmente é possível obter o Registro de Produto de sacos de lixo infectante na Anvisa. Nessa etapa final são apresentadas informações sobre o produto como: material de composição, instruções de uso, instruções de descarte entre outros. 

Fale com quem entende!

O processo de regularização, seja de empresa ou produto é muito burocrático e exige muito conhecimento e interpretação das legislações vigentes. Para isso a Stone Okamont existe! Conte conosco para registrar sacos de lixo infectante na Anvisa para você!

Preencha o formulário abaixo, fale com um de nossos profissionais e tire todas as suas dúvidas sobre como registrar sacos de lixo infectante na Anvisa.

Redator
Gabriela Batman Carvalho
Digite
o que procura